Projeto de lei do deputado Cobra Repórter visa instituir o ‘’Dia dos Heróis Paranaenses’’ e cria o “Livro Memorial Oficial dos Heróis do Paraná’’ - Deputado Estadual Cobra Repórter
Logo Cobra Reporter
Cobra Reporter - O Deputado da Família

Rádio Online. Ouça agora!

Projeto de lei do deputado Cobra Repórter visa instituir o ‘’Dia dos Heróis Paranaenses’’ e cria o “Livro Memorial Oficial dos Heróis do Paraná’’

13 maio 2024       1.255 visualizações        ›   ›   ›        

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), apresentou nesta segunda-feira (13), na Assembleia Legislativa do Paraná, um projeto de lei que visa a criação do ‘’Dia dos Heróis Paranaenses’’, a ser realizado anualmente no dia 31 (trinta e um) de março, data que foi estabelecida a atual bandeira e hino do Estado do Paraná, por meio do Decreto-Lei nº 2.457, de 31 de março de 1947, objetivando o reconhecimento e a homenagem de cidadãos e entidades paranaenses que realizaram atos heroicos em benefício à comunidade em geral. 

O projeto visa instituir também o “Livro Memorial Oficial dos Heróis do Paraná”, com o intuito de eternizar e reconhecer formalmente os atos heroicos de cidadãos e entidades paranaenses que, com coragem e altruísmo, realizaram contribuições excepcionais em benefício da comunidade em geral. Para o deputado, essa iniciativa servirá como um registro histórico permanente, assegurando que as gerações presentes e futuras possam conhecer e se inspirar nas histórias de bravura e humanidade que muitas vezes ficam à sombra do esquecimento. 

“Ao documentar oficialmente esses atos, o Estado do Paraná demonstrará ainda mais o seu compromisso com a valorização da vida, da dignidade humana e da solidariedade. O livro Memorial Oficial dos Heróis também funcionará como um instrumento de educação cívica, promovendo valores éticos e morais e incentivando a população a agir em prol do bem comum”, justifica o deputado. 

Ele sugere ainda sua disponibilidade em formato digital, garantindo assim a acessibilidade e transparência de seu conteúdo. Isso permitirá que qualquer cidadão possa acessar as informações e contribuir para a cultura de reconhecimento aos heróis do Estado. 

“Os heróis não esperam reconhecimento, mas esse reconhecimento público é muito importante para a construção do sentimento de pertencimento às nossas terras. Inúmeros paranaenses desempenharam papéis heroicos em diversos momentos da história, destacando-se pela coragem, altruísmo e solidariedade. Um grande exemplo é o dos profissionais do Corpo de Bombeiros do Paraná, que se deslocaram até as cidades gaúchas para prestar socorro, com resgate de crianças, idosos, pessoas com deficiência e animais”, ressalta. 

Cobra Repórter também sugere que, a indicação para figurar como o 1º herói paranaense no Livro Memorial Ildefonso Pereira Correia, o Barão de Serro Azul, que atuou de forma heroica na manutenção da República e impediu a invasão da cidade de Curitiba (PR) pelas tropas da Revolução Federalista, promovendo um resgate histórico da memória deste herói brasileiro que, não raras as vezes, é esquecido dos livros de História. 

Importante lembrar que o nome de Ildefonso Pereira Correia, o Barão de Serro Azul, já foi incluído no Livro dos Heróis da Pátria, sendo seu nome aprovado pelo Congresso Nacional. O documento encontra-se no Panteão da Liberdade e da Democracia, na praça dos Três Poderes, em Brasília. Nele, estão inscritos os nomes de Tiradentes, Deodoro da Fonseca, Zumbi dos Palmares, D. Pedro 1º e Tancredo Neves, entre outros 3 .

Ildefonso Pereira Correia nasceu em 1849, no Município de Paranaguá. Apesar de sua formação acadêmica na área de humanidades, atuou profissionalmente como comerciante. Possuía um engenho de erva-mate e chegou a ser o maior exportador do produto no estado do Paraná. Depois de transferir suas atividades para Curitiba, instalou a infraestrutura necessária para o desenvolvimento da indústria da erva-mate e do café, o que lhe rendeu grande influência no meio empresarial. 

Também contribuiu para a modernização da cidade, fundando a imprensa paranaense. Em 1881, recebeu a comenda da Ordem da Rosa, em virtude de sua notável atuação pública, e em 1888 recebeu o título de Barão de Serro Azul. Em razão de sua atitude, o barão foi considerado um traidor, acusado de colaborar com a Revolução Federalista. Foi fuzilado na estrada de ferro Paranaguá-Curitiba, em maio de 1894. 

O deputado propõe que a inclusão dos heróis seja realizada por meio de processo legislativo. Isso assegura que a seleção dos indivíduos a serem homenageados seja feita de maneira justa e democrática, com a devida consideração e aprovação dos representantes eleitos pelo povo paranaense. 

 


SHORTLINK: https://www.cobrareporter.com.br/?p=46112

Escreva seu comentário

Você está logado em comentário do post

Gabinete

Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Praça Nossa Senhora de Salette, s/n
Gabinete 004 - Térreo - CEP.: 80530-911
Centro Cívico Curitiba - Paraná - (41) 3350-4060

Escritório Regional

(43) 3020-3410

® 2023 Deputado Estadual Cobra Reporter - Todos os direitos reservados.